O Instagram ADS, é a segunda ferramenta de mais sucesso na Internet com foco em anúncios pagos, estima-se que já foram ultrapassados os números de 700 milhões de usuários ativos ao mês.

A abordagem por meios de anúncios serve para diferentes ramos empresariais, podendo ser expostos em forma de vídeos ou carrossel de imagens/fotos, com o intuito de gerar mais cliques e impressões.

Uma das grandes vantagens do Instagram ADS, assim como o Facebooks ADS, é a possibilidade do usuário poder comentar, dar like e seguir sua página enquanto o anúncio é exibido a ele em seu feed ou story, fazendo com que a empresa possa ter um feedback de seu produto/serviço ofertado.

A regra do impulsionamento invasivo, também serve os anúncios nessa plataforma.

Os usuários navegam no Instagram para se divertirem e se distrair, então é evidente que anúncios de marketing direto tem menor chance de funcionar.

O ideal, é que a estratégia seja voltada para oferta de conteúdo com caráter menos publicitário. Uma boa dica, é olhar o que seus concorrentes impulsionam na rede, pois por essa análise, é possível saber o que dá certo e o que tem menor engajamento.

Para criar anúncios certeiros no Instagram ADS, é necessário atentar-se a alguns pontos:

-Vídeos

A duração recomendada é de 5 a 60 segundos, ter no máximo 30MB em formato MP4 com medidas quadradas ou retangulares.

-Texto na foto/imagem

Quanto menos texto na imagem melhor, o indicado é que ele ocupe apenas 20% da área.

-Carrosel

Ao optar por este modo de anúncio, você precisará usar até 4 imagens quadradas.

-Medidas

As imagens devem ser quadradas ou retangulares, com até 10MB.

-Descrição

Podem ser usados até 300 caracteres para a descrição de uma imagem, já somando com as hashtags, as quais o número indicado é que não ultrapassem de 6.

Dentre os mais óbvios motivos para anunciar no Instagram, podemos citar o simples fato de seu consumidor estar presente e ativo nessa rede. Isso é válido, ainda mais, para marcas e empresas em geral, que possuem grande apelo visual, como lojas de roupas por exemplo.

Por fim, em 2017 o eMarketer lançou o resultado de um estudo, o qual diz que a receita líquida proveniente de anúncios no Instagram ADS, nos EUA, ultrapassará as do Google e do Twitter, sendo que atualmente já corresponde a $2.8 bilhões, ou seja, 10% da receita total do Facebook.

A dica é: tem espaço para todos, mas é sempre bom verificar as métricas, para que haja cada vez mais pessoas atingidas e engajadas em seu negócio.

Tags: